domingo, 2 de maio de 2010

Saber viver

Eu convivo satisfatoriamente com a vida e com os seres vivos em geral. Lógico que não abdico da regra básica e essencial de limites, política da boa vizinhança, ou no populacho cada um no seu quadrado...

Ultimamente estou considerando o fato de ouvir um gênero musical que anda em alta e talvez aprender a dançar o malfadado funk... Pode ser divertido! Ou traumatizante rsrs.

Para ser um ser humano melhor eu preciso me livrar das amarras do preconceito. É essencial para um bom currículo trabalhar nas áreas periféricas da cidade e atender o povão que adora gastar seu abundante direirinho e conserva seu único bem intacto... O nome limpo para abertura de crediários!

É construtivo utilizar o transporte publico. É a oportunidade para fazer bons contatos, aprender receitas geniais, obter informações sobre as baladas, nunca falta assunto... Falar mal de marido, namorado, ficante, amante, enrosco, sogra e afins é assunto corriqueiro. Destilar veneno a respeito das colegas de trabalho é divino! E o chefe, não pode ser esquecido o amado chefinho (que se engasgue), técnicas de bajulação são diversas. O dialeto é uma mistura de sotaques e gírias incríveis. “Oxe” você num sabe a tradução? O português muito bem falado ressoa como cântico aos ouvidos!

Você aproveita a ocasião e faz academia, rs... Alongamento, aeróbica, massagem, boxe... É o local ideal para confraternização! Muito calor humano e alegria! Baforadas de cachaça, perfumes e odores variados, o ser humano alérgico adora esses ambientes!

Diversão de baixo custo, você usa um cartão e vai rodando quilômetros no balanço do buzão, no gingado da sanfona...

É primordial se adequar e ser muito feliz. Mau humor falta de paciência ou grosseria não são toleradas.

O ser humano que está passando por um período de turbulência interior deve se relacionar com outros seres da mesma espécie buscando se encontrar. Imagine um ser humano estressado perdendo esta oportunidade magnífica de terapia!

Não teremos mais casos desagradáveis de falta de educação ou de humilhações em geral.

2 comentários:

  1. Já pode se lançar no mundo da literatura como cronista pq a descrição, satira e ironia estão nas doses perfeitas rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Agradeço. Procuro direcionar e dosar todo sentimento por mais inferior que ele seja para não agredir vigorosamente os seres amados que permanecem ao meu redor. Bjus

    ResponderExcluir