terça-feira, 13 de julho de 2010

Vai lá

A palavra compreensão é muito legal... É boa, assemelha-se a boba. E tem como fiel amiga a tolerância... Outra palavra sempre bem vinda, realmente muito querida.

Porem... Muitos seres humanos se esquecem da palavra limite que soa de forma espetacular aos ouvidos dos mais desatentos. Pois, ensina que tudo depende do amigo bom senso. E por fim não permite que o egoísmo prevaleça como senhor supremo de todas as palavras que nos orientam.

Eu adoro ser útil, ser legal, ser boa samaritana, compreensiva, tolerante e prestativa. Mas... A política da convivência decente não permite que eu me perpetue santa! Ainda prefiro o calor do inferno! Sou louca, neurótica, problemática, traumatizada, carente e eu sou um ser humano! É inóspito tratar do assunto, mas eu tenho sentimentos normais... Kkk...

Existem locais adequados para enviar seres humanos desorientados, que podem ser guiados através de bussolas, GPS, mapas ou até mesmo por palavras bem básicas e de baixo calão.

Vai lá! Vai!

Nenhum comentário:

Postar um comentário