domingo, 2 de outubro de 2011

Pensamento funesto

Quando se reconhece a deplorável insatisfação humana arraigada pela sensação tardia de derrota, torna-se necessário pensar com clareza nas opções referentes ao desligamento humano.

Qual a utilidade em prestar condolências ao falecido?

Principalmente se o ser humano não for ligado a ceitas, rituais, religiosidade...

Porque que aumentar a dor e as despesas com cerimonias?

Casamento está na lista, para que tanta volúpia em uma festa tosca (essa parte fica para uma discussão posterior)...

Velório, flores, missas, velas, orações, enterros suntuosos!

Eu irei comparecer ao meu saimento de corpo presente por total falta de opção!

Não tenho disponibilidade psicológica para acompanhar nenhum sepultamento... Não é por falta de sentimentos é por excesso de sentimentos.

A dedicação aos seres queridos e todas as homenagens devem ocorrer em vida e não depois quando não se pode desfrutar das delicias da vida.

Eu prefiro um passa fora bem rápido, o mais simplório possível e bem pessoal (eu e o funcionário encarregado pela minha desova está perfeito) sem testemunhas.

Não quero que meus rebentos e a minha progenitora, me vejam embalsamada.

Prefiro receber todas as demonstrações de carinho e ou de amizade enquanto eu possa compreender o significado e retribuir cada gesto!

Sem drama por gentileza...

domingo, 3 de julho de 2011

Estou com raiva

Por que existe o sentimento de raiva?
A raiva não nos leva a nada...

É um sentimento que não deveria existir...

A raiva traz amargura!

Qualquer sentimento oposto há felicidade, ao amor, há alegria não deveria ser cultivado...
Magoas... Ressentimentos... Inveja... Vingança... Tudo, tudo leva a raiva!

Tudo tem um lado bom e o lado ruim...

A raiva leva os seres humanos há cometerem atos impensados... A raiva serve como combustível (como dizem) e leva os seres humanos a fazer coisas que não se imagina!

Mas... Não se deve culpar o sentimento, a responsabilidade pelas atitudes tomadas é de cada ser humano!

terça-feira, 14 de junho de 2011

Ser sacana

Acabo de me indagar... Ate e o quanto vale realmente ser honesto?

Procurando trilhar um caminho idôneo livre dos percalços habituais que levam com tanta facilidade a maior parte dos seres humanos a cometerem atos dúbios...

Buscando harmonia e fazendo concessões não existe valorização e sim criticas recriminatórias...

Parece que existem aqueles que ficam satisfeitos em serem ludibriados e maltratados...

Se fosse fácil agir de maneira respeitosa poucos ainda poderiam fazer uso desta artimanha.

Porque a moda é ser sacana e tem quem gosta de muita sacanagem!

terça-feira, 7 de junho de 2011

Funcionários inadequados

Funcionários sem educação, despreparados e muito mal humorados!

Este é o recheio de determinadas empresas que visam somente o lucro!

A falta de respeito impera.

A frase habitual é:

- O problema é seu e não meu...

- O que eu tenho a ver com isso?

É norma se preocupar apenas com o lucro, de maneira tosca e errônea.

Não dispondo de boa vontade ou de empatia.

A falta de habilidades para trabalhar é absoluta. Não apresentam destreza ou jogo de cintura para contornar situações banais.

Sem maiores interesses pude observar que para variar o chefe tem súditos obedientes e cativos (descartamos comentários a respeito dos indivíduos dissimulados, invejosos, de língua preta e dos falsos, o modelo bajulador também esta fora de analise). Aqueles que se espelham no gestor de maneira equivocada.

O chefe destrata seus monstrinhos, que por sua vez destrata quem os rodeia (inclusive clientes... Aqueles seres que geram lucro real para as empresas, os consumidores).

Simplesmente falta humildade.

A humildade para alguns esta fora de moda, mas a humildade abre inúmeras portas!

Gente interesseira, mesquinha pensa apenas em ganhar e não titubeia em enganar (infelizmente fornecer informações detalhadas a respeito do assunto seria antiético).

Tenho vergonha!

domingo, 5 de junho de 2011

Lucro

Orientações para o melhor aproveitamento de um funcionário. Visando lucratividade!
As palavras proferidas foram inesperadas e realmente chocantes.
A ética deve ter fugido para um local bem distante, ou nunca deve ter se unido a (posso dizer entre aspas) “profissionais” deste patamar.
- Procure ser falsa com seus colegas de trabalho, não se preocupe com o bem estar do cliente.
- O importante para empresa é o lucro!
Infelizmente neste país os absurdos são toleráveis...
A conduta correta tornou-se incoerente.
Ser honesto gera prejuízo!

Língua preta

Existem seres humanos passivos a orientações alheias.

Seres volúveis, insatisfeitos e ansiosos...

Seres humanos manipuláveis, os quais são direcionados conforme a necessidade de seres mesquinhos e literalmente mal amados, (pessoinhas amarguradas) que fazem da vida de terceiros um circo de horrores.

Viver sobre forte tensão psicológica, a revelia do capricho de terceiros é tenebroso.

A medida dos afetos tem como variável o tipo de presente que lhes é ofertado!

O grau de interesse, normalmente financeiro, é o dosador das amizades, dos relacionamentos e afins...

Impera neste meio social o egoísmo e a falsidade!

A escoria humana é composta por pessoinhas interesseiras desprovidas de dignidade, amor e amizades verdadeiras.

Seres humanos desprovidos de felicidade!

Sangue sugas e manipuladores fracassados.

O respeito depende do interesse pessoal

Respeito é algo muito abrangente...

Engloba diversos aspectos...

Divagamos entre opiniões...

Esbarramos em alguns conceitos...

E por fim...

Conforme o nível de interesses (em uma sociedade conturbada), aderimos às conveniências pessoais e ao bem estar pessoal.

O egoísmo é relevante quando se trata de respeito!

A auto-estima, o amor próprio, o egocentrismo afloram e deturpam os benefícios que nos traz o respeito mutuo entre os seres humanos.

Infelizmente nos deparamos com seres humanos malfadados a tristeza e a solidão. Aquele tipo de ser humano egoísta, interesseiro e recheado de hipocrisia.

Seres humanos ligados a conveniências, suas atitudes dependem exclusivamente do que for conveniente no momento... Para o seu bem estar, é lógico!

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Salvem a língua portuguesa



Salvem a língua portuguesa!

INFELIZMENTE o Brasil está VERGONHOSAMENTE se tornando terra de ninguém!
Para definir as características do povo brasileiro (mulheres com protuberância saliente abaixo da lombar e de beleza estonteante) com a moda escrota do Lules (?!) temos a disposição o preconceito lingüístico!
Os valores estão cada vez mais deturpados... Ser desonesto significa ser esperto! Obter lucro através do comercio ilícito do prazer é vantajoso! Furar fila é legal! Roubar os cofres públicos é muito legal! Sonegar! Beber e dirigir são normais!
“E assassinar a língua portuguesa é maravilhoso!”
Atualmente é feio estudar e pronunciar o português de maneira ao menos decente... O único bem consistente que o brasileiro herda é a língua falada pelo seu povo, é uma riqueza e deveria ser motivo de orgulho nacional ter uma nação que saiba dominar a própria linguagem.
Assim como em todo o planeta existe o sotaque, os trejeitos, dialetos locais ou gírias...
É um verdadeiro despautério chamar analfabetismo de preconceito lingüístico.
Esta acontecendo um verdadeiro assassinato. É um crime!
E os crimes são cometidos por seres desequilibrados.
A sociedade desde a era medieval sempre foi dividida, cada um no seu grupo... Atualmente temos ate grupo de fumantes (a turma das calçadas “preconceito contra a fumaça do tabaco” rsrs, será que já foi inventado?)... Tem o grupo do preconceito lingüístico, que tem o triste intuito de terminar de massacrar com a desprovida educação brasileira...
Matando a língua portuguesa.
À MODA DA PRESIDENTA NÃO PEGOU. MAS... NOIS É INTELIGENTE E FALA TUDO DIFERENTE DOQUE SI ESCREVI, PORQUE NOIS É TUDO CRIATIVO!
Ensinar errado é um absurdo imensurável!

Salvem a língua portuguesa!

quarta-feira, 30 de março de 2011

Adjetivos femininos

Dizem de maneira esdrúxula que as mulheres são semelhantes aos animais...

Exemplificando temos para todos os modelos:

- Perua (esse até serve como elogio!);

- Cobra (é bem comum);

- Baleia (é ofensivo);

- Galinha (pobre ave);

- Piranha (tem de balde);

- Cadela (indócil);

Deve haver mais componentes do reino animal neste mine zôo com mistura de fazenda... Mas... A novidade são os pequenos insetos:

- Pulga!

A pulga que não é adestrada faz parte da comunidade das malfadadas moças ou senhoras de índole duvidosa...

A minúscula e desagradável pulga pula, pula e ainda manda beijo, me liga e vê se não desaparece, rsrs...

De pulga eu não gosto! Providenciarei o inseticida com urgência!

O alcoolismo é uma doença e prejudica a vida e a convivência

O ser humano vive embebido em álcool e quando lhe é sugerido que o álcool interfere no seu dia a dia e exclusivamente no discernimento que tem sobre o certo ou errado... O ser humano sente-se ofendido!

O vicio faz parte da vida do ser humano, então passa a ser normal.

Mas... O normal é não ter vícios para ser saudável...

O normal é não se embriagar!

São rotinas adversas as de trabalho e a do vicio, mas acabam fazendo uma junção e dividem o mesmo espaço.

Em sociedade se tornou habitual os jovens consumirem álcool, os homens preencherem o tempo vago consumindo álcool, e com toda evolução social, econômica e cultural as mulheres (apesar de ser vexatório) procuram galgar mais alguns degraus para poderem se equivaler (a mulher deve se respeitar como tal e dar valor ao fato de ser mulher na qualidade de ser um ser vivo e não tentar se parecer com o homem em suas atitudes, “ATITUDE” é questão de estilo) aos homens e se deleitam ao vicio, consumindo descontroladamente doses de álcool.

O pai embriagado (violento, empobrecido pelo vicio) era mais comum, o filho adolescente que começa experimentar (de maneira falsa e perigosa) a vida, consumindo álcool prova que é o cara (Trouxa) e as garotas que podem seguir o exemplo das mães (mãe símbolo de amor e respeito), as mães são modernas acompanham as filhas e compartilham o mesmo copo de álcool... As mães mais reservadas consomem a bebida sorrateiramente (os papeis se invertem, mãe bebendo escondido dos filhos) e depois se põe a falar impropérios... Adormecem como desvalidas no sofá e não percebem ou não querem perceber que os filhos crescem e se vão...

Em determinadas ocasiões o viciado prejudica demasiadamente os poucos que procuram estar ao seu redor... Pois, não existe quem queira estar ao lado de seres derrotados ou derrotistas.

O viciado é deprimente e egoísta!

A falta de bom senso e de amor próprio denigre qualquer imagem.

Peço desculpas a todos os dependentes, talvez eu possa ser e não tenha consciência... Possuo uma família composta por dependentes! Tenho diversos transtornos e defeitos.

Gostaria de ser mais paciente e tolerante, humana e compreensiva.

Mas... Eu não consigo!

Eu não faço jus à hipocrisia!

Diversos seres humanos estão fartos de motivos contundentes para se tornarem viciados e nem por isso o fazem.

Seres humanos que tem firmeza de caráter não se deixam dominar pelo vicio! Seres humanos com boa índole podem ate cair por diversos motivos no rol dos viciados, mas se recusa a se manter em uma situação cômoda e saem das sombras do vicio onde acobertam seus verdadeiros pensamentos, seus sonhos escusos e a sua moral.

Seres dignos que aceitam a dolorosa realidade e se dedicam em aproveitar realmente a vida!

Não existe e/ou não conheço nada melhor do que respirar a vida!

quinta-feira, 17 de março de 2011

Eu sou a minha mais feroz critica

A decepção é minha fiel companheira quando tenho a consciência de ter fracassado... Mas... É inevitável que não desfrute ao luxo de desistir ou de aceitar de bom grado as criticas permissivas e venenosas que os seres impolutos destilam...

A maior parte das críticas negativas que recebemos é puro lixo emocional... Expelido por seres humanos invejosos e ou incapazes. Porém... Existe a critica negativa, que acaba por nos fazer sentar e repensar os pontos importantes da nossa personalidade...

Você é aquele tipo de ser humano que sempre está envolvido em alguma confusão, encrenca ou fofoca?

Você sempre enfrenta os mesmos problemas amorosos?

Você atrai todo o tipo de ser humano do mal?

Você é o eterno injustiçado no trabalho?

Você vive o dilema dos conflitos familiares?

Então... Por gentileza, quando um ser humano te criticar... Ao invés de saltar no pescoço da criatura... Repense nos seus atos e dê uma reavaliada nas suas atitudes.

Adoramos repetir os mesmos comportamentos insanos e depois se passar por vítima do destino. É obvio que essa posição de vitima é cômodo!

Mas... Esse tipo de crítica, apesar de ser muito irritante, é aquele pontapé inicial que às vezes salva um ser humano do fundo do poço existencial!

Normalmente, nem as mães possuem coragem suficiente para verbalizar as verdades puras e verdadeiras a nosso respeito. E quando elas proferem amiúdes que nos fazem querer arrancar todos os cabelos da cabeça... É porque aí tem coisa!

Coisa para ser mudada, esquecida, repensada ou deletada.

É para pensar e repensar!

P.S. “Quando, algum ser humano mesquinho, ressentido com a vida ou qualquer modelo de mocréia com pinta de perua brega vier destilar impropérios venenosos com a alcunha de critica construtiva para o seu próprio bem”... Deixe baixar o ser cretino que existe guardado em você e libere um sai pra lá encosto! Vai se benzer antes de abrir a boca maldita com opiniões deturpadas a respeito da vida alheia!

Em determinadas situações é oportuno abdicar da boa educação, afim que esse tipo de criatura deixe de bancar a madre Tereza de Calcutá.

É necessário competência para criticar!

sábado, 5 de março de 2011

Loucos livres

Já diz o ditado de boas intenções o inferno está lotado!

Eu digo que de gente louca e neurótica o hospício está lotado...

Tanto que sobra louco de todo tipo a nossa volta!

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Baile de carnaval


Carnaval!

É tempo de festa...

É hora de cair na folia!

Mas... Uffa, não é porque é festa que vai virar avacalhação.

Uma porção de seres humanos literalmente feiosos, envelhecidos, do tipo pobrinho, encharcados de derivados do álcool tirando foto para registrar as lembranças!

Aff! Festa popular!

Fantasias inadequadas (as fantasias devem ser condizentes com o biótipo físico do ser humano), nada de luxo ou de bom gosto para resumir.

E o pior não se escuta as marchinhas de carnaval ou samba, o que se ouve é uma mistura de ritmos, os quais chamam de musica...

O abrem alas está proibido!

Se fecha!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Eu gosto

Do que realmente eu gosto?

Ah... Eu gosto de muitas coisas...

O que me satisfaz?

Ah... Quase nada... Kkk...

Ser pobre

Ser pobre é uma questão de falta de status financeiro!

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Ser chato

Ser chato equivale também à questão do espaço disponível!

Então... Não de espaço para o chato.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Hoje eu acordei

Hoje acordei perigosa...
Um pouco Ácida.

Meio rancorosa...

A ironia me faz companhia durante esse dia!

Amanhã... Vou eu atrás dela, pra descontar e
me vingar.

Isso não me faça bem. Mas não tem importância!

Amanhã é outro dia!

sábado, 22 de janeiro de 2011

Quem será o idiota

O ser humano esquece que é primordial para sobrevivência ter limites, pois esses “limites” significam respeito!

Para ser idiota ou tentar fazer o semelhante de idiota é importante ter limites...

A situação piora muito quando a tentativa de fazer o outro de idiota vem acompanhada de cinismo e deboche.

Perde-se o respeito, pois tem idiota disfarçado de palhaço inocente!

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Emocional conturbado

Estou literalmente debilitada emocionalmente...

Impaciente e estressada, com vontade de berrar! Rs...

Tem um fundinho de tédio e cansaço.

Ainda permanece a esperança em atirar algo no chão.

Quebrar a louça pode ser terapia, mas não é viável financeiramente.

Proferir impropérios e palavrórios escusos pode não ser reconfortante.

Não existe a possibilidade de viajar, ou de efetuar gastos absurdos.

Devorar chocolates saborosos! Só de pensar alargo um sorriso...

Mas, devido ao horário e a localização eu não consigo um simples bombom.

O maxilar está rígido de raiva.

Estou ansiosa e não consigo dormir!